Blog da Economapas

Estudo de Viabilidade de Negócio: Por Que e Como Fazer

3 minutos para ler

Um dos maiores problemas com a implementação de uma estratégia empresarial é saber por onde começar e ter em mente as chances de crescimento. Por isso, algo que toda empresa precisa ter em mente é a real viabilidade de negócio, baseando-se em dados e variáveis do mercado. Entenda melhor o que é e como fazer esse estudo! 

Por que fazer um estudo de viabilidade?

Analisar a viabilidade de um negócio é fundamental para projetar o futuro com base em um planejamento e, claro, no cenário atual do mercado. Com o estudo, é possível traçar metas objetivas e concretas para a realidade da empresa,  diminuindo o risco de falhas nos processos e estratégias internas. 

E não apenas isso, com essa análise é possível prever  a porcentagem de crescimento e expansão de um negócio e se ele tem chances de prosperar efetivamente com os produtos, regiões e/ou serviços que oferece para o público-alvo previamente definido. 

Com o estudo de viabilidade de negócio, o empreendedor terá uma visão melhor sobre a demanda e o cenário técnico e econômico da empresa, além de:

  • estar melhor preparado e até evitar prejuízos;
  • reduzir riscos envolvidos no projeto;
  • tomar decisões com maior segurança;
  • segurança na tomada de decisões;
  • desenvolver uma estratégia sólida focada na consolidação do negócio no mercado;
  • estrutura sólida para que seu projeto possa se consolidar no mercado.

Como desenvolver um estudo de viabilidade de negócio

O primeiro passo para analisar a viabilidade de negócio é a pesquisa de mercado, fundamental para desenvolver um planejamento estratégico e sem “achismos”.  Um bom estudo de mercado envolve não apenas informações gerais do seu público-alvo, mas também:

Quando bem aprofundadas essas informações se tornam de grande valia  para entender o ponto de equilíbrio, o custo de crescimento e oportunidades da empresa.  Com elas em mãos, a análise de viabilidade pode seguir para a aplicação dos pilares do estudo de viabilidade baseados em: projeção de receitas, previsão de custos, despesas e investimentos, além de projeção de fluxo de caixa. 

Para isso, é interessante usar indicadores comuns como a Taxa Mínima de Atratividade (TMA), Valor Presente Líquido (VPL) e a Taxa Interna de Retorno (TIR);

Por fim, é preciso fazer a identificação dos resultados, unificando os dados coletados para projetar ações, estratégias e investimentos para o futuro.

Agora que você já sabe a importância e os pilares do estudo de viabilidade de negócio, está na hora de conhecer um software que permitirá seu negócio dominar o mercado com o uso da tecnologia: o Economapas. Com ela, você poderá:

Conheça todos os recursos de geolocalização que o Ecomapas pode oferecer para seu negócio! 

Posts relacionados

Deixe um comentário