Geomarketing: entenda o que é, suas vantagens e ferramentas essenciais

5 minutos para ler

Muito antes de existir Marketing Digital, o Geomarketing já existia, mesmo que com outro nome. Isso porque a entrega de anúncios era feita de modo regionalizado na TV, rádio e outros meios de comunicação.

Porém, com a infinidade de dados de geolocalização disponíveis nos smartphones por meio da ativação do GPS, criar estratégias de acordo com a localização dos consumidores ficou muito mais fácil.

Neste artigo, você entenderá o conceito de Geomarketing e saberá quais as ferramentas e possibilidades que esta metodologia pode agregar ao seu negócio. Boa leitura!

O que é Geomarketing?

Também conhecido como Marketing por localização, o Geomarketing é uma metodologia utilizada para entender o comportamento do público de acordo com o local onde ele está, permitindo ações segmentadas por espaços geográficos.

A grande sacada de usar camadas de tecnologia é o que podemos chamar de Geomarketing 2.0. Isso porque, até certo tempo atrás, o Marketing por localização considerava apenas estado e cidade. Porém, com o avanço das tecnologias de GPS, por exemplo, foi possível criar maior precisão para se comunicar com públicos que estão ao redor do seu estabelecimento comercial, por exemplo.

Com isso, a aplicação do conceito de Geomarketing permite entender os horários com maior fluxo de pessoas no seu bairro, por exemplo, ajudando-o a definir o melhor horário de funcionamento do seu estabelecimento, além de permitir que anúncios sejam enviados apenas para pessoas próximas ao PDV, entre outras diversas possibilidades.

Você pode estar questionando se o Geomarketing é mesmo relevante para sua empresa. Se ainda está em dúvida, entenda a seguir os principais benefícios de criar uma estratégia de Marketing por Localização.

Quais as vantagens de criar uma estratégia de Geomarketing?

Os negócios que investem em Geomarketing têm benefícios comprovados em relação ao Marketing, Atendimento ao Cliente e Vendas. Entenda melhor as vantagens dessa metodologia.

Menor dispersão do investimento

Supondo que você precisa aumentar o número de fluxo em sua loja, mas está localizado em uma cidade grande com milhões de habitantes. Neste caso, fazer uma campanha com segmentação por cidade lhe fará desperdiçar investimento, pois terá que impactar todas essas pessoas para alcançar pessoas que transitem pelo seu bairro.

Em uma campanha utilizando Geomarketing por exemplo, você elimina este tipo de dispersão, pois pode selecionar um raio de alguns quilômetros do seu ponto comercial, impactando na campanha somente as pessoas que estão próximas dali.

Maior taxa de conversão

Ainda pensando no exemplo do tópico anterior, vamos analisar o lado do cliente. Supondo que você vende itens de papelaria e seu cliente precisa comprar este tipo de produto.

Ao entrar em uma rede social, ele é impactado pela campanha de uma loja que vende produtos de papelaria. Ele clica no anúncio, olha os produtos e resolve buscar o endereço da loja para ir até lá. Neste momento, ele percebe que a loja fica a uma longa distância de sua casa e resolve procurar outro estabelecimento.

Todo esse fluxo gera um custo para o negócio, que investiu em um anúncio para a “pessoa errada” e não o converterá em venda.

É por este motivo que muitas empresas buscam no Geomarketing a solução para aumentar a taxa de conversão de suas ações de vendas.

Melhor relacionamento com o cliente

Além de direcionar melhor o investimento e obter aumento nas taxas de conversão, o Geomarketing pode ajudar no relacionamento com o cliente, pois é possível entender melhor seu comportamento e, a partir disso, direcionar comunicações por email ou SMS com base nos dados de deslocamento disponíveis.

Quais as melhores ferramentas de Geomarketing?

E então, está interessado em usar todo o potencial do Geomarketing no seu negócio? Conheça as ferramentas essenciais para colocá-lo em prática.

Geotargeting

O geotargeting é uma das funcionalidades mais conhecidas do Marketing por Localização. Inclusive, já falamos bastante dele por aqui. Basicamente, essa funcionalidade permite utilizar o raio de localização para entregar anúncios personalizados para os clientes.

Check-ins

Os check-ins permitem que usuários marquem um determinado estabelecimento em suas redes sociais, mostrando para seus seguidores onde ele está em determinado momento.

Embora essa seja uma ação feita pelo consumidor e as marcas não tenham controle sobre isso, você pode incentivar que os clientes façam check-in quando visitam seu estabelecimento, oferecendo liberação do Wi-Fi mediante check-in ou algum outro benefício.

Geofencing

Avançando nas aplicações do Geomarketing, o Geofencing permite que as marcas enviem notificações para seu público assim que cada consumidor se aproxima de determinado ponto.

Vamos pensar que você tem um restaurante e está oferecendo drive-thru naquele momento. Por meio do geofencing, pode disparar uma notificação para todos os clientes que estiverem a 1 quilômetro do local, convidando-os a passar por ali e retirar sua refeição.

Conclusão

Como mostrado ao longo do artigo, as ações de Geomarketing são importantes para entender melhor o consumidor e se comunicar com ele de forma direcionada, melhorando o relacionamento com o público e proporcionando estratégias capazes de aumentar o retorno do investimento em Marketing.Se você quer aproveitar todo o potencial do Geomarketing de forma simplificada e efetiva, então precisa conhecer os recursos do Economapas para diversos segmentos de atuação. Veja agora! 

Posts relacionados

Deixe um comentário