Ponto Comercial – arrendamento e venda do empreendimento

6 minutos para ler

A escolha do ponto comercial é essencial para o sucesso do seu negócio, pois quando bem feita, pode ajudar no crescimento da sua empresa. Mas também pode se tornar uma dor de cabeça quando realizada sem estudo e planejamento.

Portanto avalie o local de maneira estratégica, considerando fatores como acessibilidade, concorrência e o perfil do público da região, assim atraindo mais clientes. Não deixe também  de considerar se o arrendamento vai ser benéfico para o seu negócio.

Além de analisar esses fatores, é necessário pensar no futuro. Se em algum momento o ponto comercial precisar ser negociado, é fundamental as partes saberem os procedimentos a serem tomados.

Então não se esqueça de escolher o ponto comercial ideal para o seu negócio. Continue lendo este artigo para entender mais sobre esse conceito, como vender o ponto comercial e muito mais.

O que é ponto comercial?

Depois de você estabelecer seu negócio em um determinado local, de preferência com os serviços de geolocalização do Economapas, ainda é preciso investir tempo e esforços até começar a dar certo e as pessoas se interessarem pelo seu estabelecimento. Ao abrir qualquer negócio, são necessárias ações de marketing, divulgação e outras estratégias até que o empreendimento se torne conhecido por seus frequentadores. Então todo esse esforço irá agregar um valor. 

O proprietário do negócio terá que escolher um ponto de venda para exibir o ponto comercial, o que ajudará os clientes a entender mais sobre a empresa. Portanto, este ponto de venda, o ponto comercial, é onde o proprietário da empresa estará anunciando e ajudando o cliente a entender melhor a empresa. Assim, o ponto comercial é um ponto de venda ideal, onde o cliente poderá conhecer mais sobre a empresa, seus serviços e produtos.

Sendo assim, o ponto comercial é o reconhecimento de um negócio pela clientela, por conta da localidade em que ele se encontra. Quando um negócio é estabelecido em um imóvel alugado, por exemplo, o ponto comercial pertence aquele que explora a atividade comercial, mas não ao locador do imóvel, ou seja, é a sua marca que ficará em alta no mercado.

Entretanto, se a empresa está localizada em um imóvel próprio, então o ponto comercial pertence ao proprietário da empresa, então é seu nome que aparecerá no mercado. Se você tem um escritório, o ponto comercial pertence à empresa, e se você tem uma loja, o ponto comercial pertence ao proprietário da loja. O ponto comercial não é apenas o nome da empresa, mas também se refere à imagem, estilo e tudo o que representa a empresa. Assim, um ponto comercial é um ponto de venda, um reconhecimento de um negócio por parte da clientela.

Como funciona o arrendamento do ponto comercial?

Antes de tudo, é válido lembrar que arrendamento é um contrato. Nesse contrato existem duas partes: o arrendador, que é a pessoa que tem a propriedade do bem, e o arrendatário, que  pode utilizar desse bem mediante o pagamento de uma quantia. 

Neste contrato precisa estar explícito quanto tempo o arrendamento vai durar, qual a sua finalidade, o que o arrendatário pode ou não fazer com o bem e qual será o valor final para a aquisição, tudo isso dispondo de direitos e obrigações em comum acordo para ambas as partes. Portanto, para que o negócio seja vantajoso para todos, é imprescindível a previsão de cláusulas.

Desde que o contrato esteja escrito, será mais fácil interpretá-lo. Isto não é uma regra, mas uma diretriz. Assim, é necessário escrever um contrato e explicá-lo a ambas as partes para torná-lo mais transparente. Após a assinatura do contrato, o ponto comercial será transferido para a empresa, e o locador receberá o aluguel, em troca do qual ele tem o direito de acesso ao bem. 

É muito importante conhecer as características do ponto comercial. Por exemplo, se for uma loja, não é aconselhável alugar o ponto comercial a um varejista que não tenha nenhuma experiência no negócio, pois se o negócio não for bem sucedido, será muito difícil pagar o aluguel.

Venda de um ponto comercial

Vender o ponto comercial significa se desfazer de todos os bens pertencentes a ela, ou seja, negociar todos os bens, inclusive o seu ponto comercial, para um novo dono. A negociação pode envolver, até mesmo, a marca. 

É o questionamento mais drástico quando um empresário percebe que não conseguirá mais manter as portas abertas, assim entendendo que apenas outra pessoa poderá ficar à frente dos trabalhos.

Antes de mais nada, é necessário determinar o preço de venda, a quantidade de dinheiro que será recebido da venda do ponto comercial. Esta quantia deve ser calculada de acordo com a situação financeira da empresa. Assim, não é aconselhável vender o ponto comercial por uma grande quantia de dinheiro, se a empresa estiver em uma situação muito boa.

Antes de realizar a compra, o interessado deve verificar a regularidade do ponto comercial. Quem vende o ponto é obrigado por lei a passar toda a vida financeira, relatórios sobre produtos, relatórios que livram dos ônus, clientela e as demais informações que forem solicitadas.

Finalmente, é necessário estar ciente da transferência de propriedade do ponto comercial, ou seja, é necessário estar ciente das implicações e dos direitos e obrigações que podem surgir da venda do ponto comercial. É muito importante saber que, ao vender um ponto comercial, a venda será registrada no Registro Civil. Assim, você terá que manter o contrato de arrendamento anterior e terá que negociar com o novo proprietário.

Por fim, é importante destacar que, caso o valor da venda seja superior a 30 salários mínimos, é necessário formalizar a transação por meio de escritura pública. 

Descubra como é possível ser assertivo com a ajuda da Economapas! 

Conheça os recursos que a Economapas pode te oferecer com um software de geolocalização que vai dar todas as informações necessárias para colocar nossas dicas em prática, como:

  • estimativa de consumo: panorama completo do potencial de consumo por classe social;
  • mapas de calor; 
  • análise de ponto de comercial; 
  • diversos outros indicadores personalizados para que a empresa avalie seu desempenho. 

Aumente agora sua vantagem competitiva e vendas! Conheça melhor os recursos do Economapas!

Posts relacionados

Deixe um comentário